Quais competências seus times precisam para se dar bem com o Scrum?

Publicado em: 16/12/2021

Foi-se o tempo em que as habilidades técnicas eram prioridade absoluta na hora de recrutar algum candidato. As chamadas “Hard Skills”, como ter proficiência em inglês, domínio do Pacote Office, saber programação ou como operar máquinas, continuam sendo importantes, claro, mas não são mais os únicos critérios avaliados por profissionais de RH e recrutadores.

Isso porque as “Soft skills”, ou habilidades comportamentais, ganham cada vez mais espaço no mercado, assim como as metodologias ágeis.

E, neste artigo, vamos unir as duas coisas: o Scrum, a mais famosa e queridinha das metodologias ágeis, e as Soft Skills que seus times precisam ter para realizar “Scrum Sprints” nota 10.

Porém, contudo, todavia, vamos começar do começo.

Do Rugby para as empresas
Se você já tem alguma familiaridade com o Rugby, sabe do que estamos falando, mas, se não, nós te explicamos: o Scrum é o nome daquela jogada em que os dois times se unem, ombro a ombro, trabalhando em equipe na disputa pela bola que fará o reinício do jogo.

O Scrum, como metodologia ágil, usa o mesmo princípio: o time envolvido no processo atua como uma unidade super integrada, em que cada membro desenvolve um papel pré-definido para alcançar um objetivo comum da equipe.

Inicialmente, lá nos anos 90, ele foi desenvolvido para auxiliar times de desenvolvimento de software a fazer entregas e implementações de forma mais ágil, e foi rapidamente incorporado por outros setores de empresas em todo o mundo.

E, além de melhorar os processos, ele também pode ser aplicado na criação de produtos mais complexos, como carros, cosméticos, campanhas de marketing e até no FBI. Pois é! O Scrum foi utilizado para a atualização dos bancos de dados do FBI, para torná-los mais acessíveis e eficientes.

Corra, Lola, corra!
E falando na década de 1990, um filme desta época pode ajudar a entender um pouco melhor como funciona o Scrum.

Lola, a personagem principal, tem apenas 20 minutos para conseguir os 100 mil marcos (moeda alemã) que salvariam a vida do seu namorado. O filme tem três finais possíveis, todos com ciclos de 20 minutos. Em cada um deles, Lola esbarra em algum desafio ou obstáculo, aprende com seus erros, e ganha a chance de mudar alguma atitude, o que resulta num novo desfecho, mas sempre com o mesmo objetivo: ter seu amado, são e salvo, ao seu lado novamente.

O Scrum é baseado em sprints, ou seja, ciclos, que normalmente duram de 2 a 4 semanas e, a cada fim de um desses sprints é feito um release, ou seja, a entrega de uma versão do produto (qualquer semelhança com o MVP não é mera coincidência. E a Happmobi também tem um treinamento sobre isso. Clique aqui para saber mais). Após cada release, é iniciado um novo Sprint com o aprendizado do anterior.

Com exceção do prazo, o Scrum é muito próximo ao que Lola realiza ao longo das 1h20min de filme: a cada ciclo, a equipe envolvida no Scrum aprende o que pode ser aperfeiçoado e inicia um novo Sprint, a fim de entregar um produto cada vez melhor. Pura melhoria contínua.

Sem mais delongas, quais as soft skills que Lola tem e que são essenciais para seu time se dar bem com o Scrum? Let’s go!

  • Flexibilidade
    Mudanças, inevitavelmente, acontecem pelo caminho. É preciso saber ouvir os outros envolvidos e suas opiniões, contribuindo para o bom convívio do Scrum Team todo.
  • Trabalho em equipe
    Falando nisso, é fundamental trabalhar em conjunto e ter empatia para exercitar a escuta ativa e o espírito de equipe para entregar o melhor resultado possível ao fim de cada Sprint.
  • Comunicação
    Lembra da escuta ativa do tópico anterior? Saber ouvir os demais e dialogar é a chave para que todos falem a mesma língua e não haja nenhum mal-entendido nem tomadas de decisões erradas.
  • Accountability
    O trabalho é em equipe, mas as responsabilidades são individuais. Pense e aja como dono, com o foco em fazer o melhor, com entregas no prazo e com um nível de excelência lá no alto.
  • Resolução de problemas
    Problemas, assim como as mudanças, acontecem. Então, é preciso ter criatividade e pensamento crítico para saber identificar e resolvê-los.

A Happmobi tem um curso sobre Scrum com 8 passos que fundamentais para implementá-lo.

Ah, e também tem dicas valiosas para que seus times consigam o sucesso em todas as etapas do processo!

Quer saber como ter esse curso aí na sua empresa? É só preencher o formulário abaixo:  😊

Tags: