Engajamento nas equipes remotas: mais fácil do que imaginamos!

Publicado em: 26/02/2021

Por mais que estejamos nos adaptando nas várias formas de se trabalhar, as normas, procedimentos e melhorias do home office estão em constante evolução.

E como esta modalidade de trabalho vem ganhando cada vez mais espaço no mercado de trabalho, é muito importante garantir a produtividade, conforto do colaborador, assim também como manter e aumentar o engajamento dele, como se estivesse presente no escritório.

Mas, primeiramente, vamos relembrar a importância de manter um funcionário engajado, seja dentro ou fora do escritório?

  • Maior alcance de resultados;
  • Crescimento acelerado da companhia;
  • Aumento da produtividade;
  • Redução da rotatividade;
  • Maior sinergia entre equipes;
  • Fortalecimento da cultura organizacional;
  • Aumento do comprometimento;
  • Fortalecimento do quadro de colaboradores.

Isso, remotamente, pode parecer um desafio por estarem todos a distância, mas devido aos benefícios do home office, isso pode ser ainda mais promissor!

Tá gostando? Então, continue conosco.

Segundo uma pesquisa da ADP Research Institute, 29% dos funcionários se dizem totalmente engajados no trabalho remoto contra 18% que atuam nos escritórios. Já é uma ótima notícia, não?

Mas, em alguns casos, o estagnamento ou a queda do engajamento pode acontecer. Por isso, devemos nos atentar a algumas medidas para que isso não se torne uma realidade.

Separamos aqui algumas dicas para manter o engajamento nas equipes remotas. São elas:

Valorização da decisão em equipe 
Cada vez mais a opinião coletiva se torna relevante nos processos de decisão. Isso é benéfico para empresa, pois possui mais olhares para a mesma questão e para os colaboradores que sentem que fazem cada vez mais parte do negócio. Esta prática pode ser muito bem executada a distância, por meio de e-mails e até mesmo reuniões online.

Prevenção de acúmulo de tarefas 
Falta de planejamento ou dificuldades operacionais resultam em acúmulo de demandas e isso, consequentemente, faz com que os colaboradores fiquem desestimulados, pois a capacity não está adequada para sua execução, o que interfere diretamente na qualidade da entrega da tarefa. Alinhar os projetos e datas de entregas viáveis em conjunto é algo muito importante para evitar essa questão. E isso também é muito simples de ser aplicado no trabalho remoto, por meio de ferramentas de tarefas, planilhas e reuniões online.

Alinhamentos constantes 
Para o colaborador se sentir dentro do negócio, é muito importante que as novidades, processos e demandas sejam alinhados constantemente e isso, por mais que os integrantes estejam em ambientes distintos, pode ser facilmente executado por meio de videochamadas.

Reconhecimento e empatia 
É muito comum os colaboradores receberem apontamentos sobre algumas melhorias de processo e de execução, porém é importante equilibrar também com conversas para entender o porquê do funcionário ter feito a tarefa de tal modo e também reconhecer e elogiar quando executou bem. Gostou, falou!

E por mais que o colaborador não esteja presente fisicamente, o líder facilmente pode fazer elogios direcionados ou públicos por meio de chat, e-mails ou em reuniões virtuais.

Feedback 
Todo bom colaborador gosta de receber feedbacks! E isso não é nada diferente no ambiente virtual. Então, é importante que o líder, de acordo com o cronograma da empresa, continue fornecendo o feedback. Isso pode ser por meio de uma chamada online.

A confiança entre Líder e Liderado 
Uma das maiores atitudes que geram engajamento nos colaboradores é a confiança do líder em seus profissionais. Isso mostra que ele valoriza e confia em suas escolhas, estudos e experiências. Dessa forma, o profissional se sente valorizado e veste ainda mais a camisa da empresa. Essa atitude pode ser facilmente adaptada para a rotina remota, uma vez que as tarefas são alinhadas a distância, conversas, reconhecimentos e atribuições podem ser passadas online.

Boas condições de trabalho 
O bem-estar do colaborador é de extrema importância dentro da empresa. Fora dela, a atenção a este ponto é ainda maior, visto que ele deve montar um local adequado para trabalhar de casa. Pensando nisso, a empresa pode disponibilizar equipamentos e estrutura necessária para a execução do seu trabalho. Outro fator muito importante é a ergonomia (link para nossa LP de Ergonomia) do funcionário para evitar problemas de saúde no presente e no futuro.

E, para que essas dicas possam ser aplicadas da melhor forma possível, existem algumas ferramentas que podem ser utilizadas:

  • Organizador de tarefas diárias, como Trello, Guru, Monday;
  • E-mails e agendamento de reuniões, como Outlook, Gmail;
  • VPN – permite que os funcionários acessem a rede da empresa de forma remota;
  • Programas de texto, apresentações, planilhas e mais; como Pacote Office;
  • Aplicativos de chat e videoconferências, como Microsoft Teams, Google Meet;
  • Aplicativos de contatos mais urgentes, como WhatsApp e Telegram.

Viu só como engajamento nas equipes remotas é mais simples do que parece?

Esperamos que tenha gostado da leitura! E caso queira oferecer algum treinamento online para manter e engajar os colaboradores, pode contar conosco!