Lógica Booleana – And, or, Not

Publicado em: 23/11/2021

Como você chegou até esse artigo? Já pensou? Possivelmente foi por meio de alguma pesquisa no Google. A lógica Booleana aplicada ao recrutamento e seleção nada mais é do que isso: procurar por palavras-chave e ser direcionado a resultados (ou melhor, candidatos) que atendam às suas necessidades.

O que é a lógica Booleana?
Em resumo, trata-se de uma forma de filtrar ou expandir os resultados das pesquisas, o que é ideal para a seleção de novos talentos para a empresa.

Os sistemas de busca auxiliam a gestão a encontrar informações precisas na internet e a lógica Booleana aprimora os resultados disponíveis nos buscadores, inclusive nas redes sociais, como o LinkedIn. E, uma vez que os recrutadores podem utilizá-la para encontrar candidatos por meio de recrutamento ativo, os processos de seleção são simplificados,preenchendo vagas com maior qualidade e assertividade.

Segundo essa teoria, só existiriam ‘uns e zeros’, que significam, ‘falso e verdadeiro’. Assim, para trabalhar com os valores da técnica Booleana, a aplicação utiliza sistemas de pesquisa com operadores lógicos, para ferramentas como Google, LinkedIn, Facebook e até mesmo o Twitter. Aí, entra a tecnologia avançada e permite fazer buscas bem mais específicas.

Para o RH, a lógica Booleana funciona definindo quais características são priorizadas na busca por um profissional e quais pontos podem ser mais bem detalhados.

Usar palavras-chave relacionadas à oportunidade e/ou à cultura organizacional da empresa facilita bastante esse processo, pois desconsidera outros cargos e variações a serem filtrados.

Operadores de busca Booleana
Com essa lógica, é possível combinar Keywords para limitar, esconder ou definir sua pesquisa. Para isso, é possível utilizar estes operadores:

  • Alternativa: OR (ou)
    A busca “OR” é um operador mais flexível. Assim, ele permite que mais resultados apareçam em sua pesquisa, já que as duas variáveis são válidas.
    Por exemplo:
    “Microlearning or Macrolearning”
    “LMS or LXP”

    No caso do processo de recrutamento, ao digitar “Marketing OR (ou) publicidade” você duplica suas opções de profissionais da área.
  • Negação: NOT (não)
    Este operador restringe alguns resultados, em outras palavras, ele representa um filtro para excluir termos da pesquisa e selecionar exatamente o que você precisa de forma específica.

    No caso de recrutamento, é possível ser específico, digitando “Administração NOT economia”, e assim conseguirá encontrar profissionais que têm uma formação em administração, delimitando para áreas que são próximas a estas, principalmente as de economia ou ciências contábeis.
  • Adição: AND (e)
    Uma forma mais direcionadora da pesquisa. Ainda que você não utilize o aditivo ‘and’, na maioria das vezes, ele estará implícito de alguma forma.

    Para o RH, ao digitar “Analista de marketing digital And São Paulo”, é possível ter acesso aos profissionais da região que trabalham ou moram em São Paulo.

A lógica booleana traz inúmeros benefícios para o processo de recrutamento e seleção, entre eles: encontrar os melhores talentos do mercado, que tenham fit com a empresa e que concordem com o propósito organizacional procurado.

Além disso, por realizar essa prospecção de candidatos de forma mais ativa, usa o tempo de forma mais eficiente, reduzindo o número de etapas do processo seletivo.